TRE-MA recebe 35 impugnações de candidaturas

Do G1MA

O Tribunal Regional Eleitoral
(TRE-MA) recebeu 35 pedidos de impugnação de candidaturas. De acordo com o TRE,
já foram impugnados 18 candidatos a deputado estadual, seis a deputado federal
e dois candidatos a governador.
Dos pedidos, 24 foram feitos
pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) do Ministério Público Federal
(MPF-MA). No sábado (12), a PRE havia garantido que iria pedir a impugnação de
pelo menos 20 candidaturas registradas. O prazo para os pedidos impugnações
terminou às 19h de sábado e, até sexta-feira (11), somente dois candidatos
haviam sido acionados.
De acordo com o TRE-MA, 813
pediram registro de candidaturas, sendo seis candidatos a governador, seis a
vice-governador, seis a senador, seis 1° suplente e seis 2° suplente de
senador. Para a Assembleia Legislativa, pediram registro 529 candidatos e para
a Câmara dos Deputados, outros 254.
Na lista, estão o candidato a
governador Zeluis Lago (PPL), acionado pelo candidato a deputado estadual
Antônio Ferreira Martins (PHS), que alega problemas na filiação partidária do
candidato do PPL. Também foi acionado o candidato a governador Lobão Filho
(PMDB). Ele teve a candidatura impugnada pelos candidatos a deputado federal
Simplício Araújo (SD) e Rubens Júnior (PCdoB), que alegam, respectivamente, que
o peemedebista é representante de uma empresa que tem contrato com o governo do
Estado e que ele tem condenação criminal.
O candidato a primeiro suplente
de senador Raimundo Monteiro (PT) também foi impugnado. Contra a candidatura
dele, há duas ações de impugnação: uma da PRE, que pede indeferimento do
registro devido a contas de sua gestão no Instituto Nacional de Colonização e
Reforma Agrária (Incra) rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU); e
outra movida pela candidata a deputado estadual Valéria Campos (PSB) também
devido à rejeição das contas pelo TCU.
O TRE terá até dia 5 de agosto
para julgar todos os pedidos de registros e também as ações de impugnação de
candidatura, baseadas na Lei da Ficha Limpa. Os candidatos com registros
rejeitados pela Justiça Eleitoral poderão recorrer ao Tribunal Superior
Eleitoral (TSE).
Números

35 ações de impugnações nas eleições deste ano

24 candidatos a deputados estaduais foram impugnados

2 candidatos a governador foram acionados

6 postulantes à Câmara Federal também foram impugnados
DADOS SOBRE IMPUGNAÇÕES

Alexandre Araujo dos Santos Ministério Público Eleitoral
(MPE)
Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCE/MA – prefeito de São Francisco do Brejão – exercício financeiro 2010 – improbidade administrativa – indeferimento do registro
Antonio da Conceição Costa Ferreira MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCE/MA – exercício financeiro de 2009 – improbidade administrativa – secretário de governo – indeferimento do registro
Eliziene Barbosa Costa MPE Inelegibilidade – demissão serviço público – indeferimento do registro
Jose Luis Teixeira do Lago Neto Antonio Ferreira Martins
Advogado: Deyse de Menezes Fraga
Condições de elegibilidade – filiação partidária – indeferimento do registro
Yglésio Luciano Moyses Silva Sousa MPE Inelegibilidade – demissão serviço público – indeferimento do registro
Fabio Gondim Pereira da Costa Valeria Cristina Braga Conceição
Advogados: Dr. Rodrigo Pires Ferreira Lago, Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Condições de elegibilidade – filiação partidária – indeferimento do registro
Deoclides Antonio Santos Neto Macedo MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCE – exercício financeiro de 2005 – improbidade administrativa – prefeito de Porto franco – indeferimento do registro
Coligação Pra Frente Maranhão
e Partido Verde- PV
Marcio Batalha Jardim
Advogados: Rodrigo Pires Ferreira Lago; Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Partido Verde não integrante de nenhuma coligação majoritária para as eleições de governador e senador – ata da convenção – aditivo – impossibilidade do PV integrar a coligação Pra Frente Maranhão
Edison Lobão Filho Jose Simplicio Alves Araújo, Impugnante
Advogado: Nancy Raquel Pinto Chaves
Impugnado exerce função de direção, administração ou representação em empresa que mantém contrato com o estado do maranhão dentro do período de seis meses da eleição
Edison Lobão Filho Rubens Pereira e Silva Junior
Advogado: Rubens Pereira Junior
Condenação criminal
Raimundo Monteiro dos Santos MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCU – improbidade administrativa – ex-gestor de órgão federal – indeferimento do registro
Raimundo Monteiro dos Santos Valeria Cristina Braga Conceição
Advogados: Dr. Rodrigo Pires Ferreira Lago, Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCU – improbidade administrativa – ex-gestor de órgão federal – indeferimento do registro
Francisco Melo da Silva MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCE/MA – improbidade administrativa – comandante da PM – exercicio financeiro de 2008 – indeferimento do registro
Jose Franklin Skeff Seba MPE Inelegibilidade – condenação criminal transitada em julgado – indeferimento do registro
João Luciano Silva Soares Cesar Augusto de Lima Soares Inelegibilidade – abuso de poder econômico ou político – AIJE nº 395-73.2012 – indeferimento do registro
João Luciano Silva Soares MPE Inelegibilidade – abuso de poder econômico ou político – AIJE nº 395-73.2012 – indeferimento do registro
Jeová Alves De Sousa MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCE/MA – exercicio de 2003 e 2004 – prefeito de Açailândia – indeferimento do registro
Jeová Alves De Sousa MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – tomada de contas especial – rejeição TCU – indeferimento do registro
Coligação Pra Frente Maranhão 1 (PMDB / DEM / PTB / PV / PRB / PR) e Partido Verde – PV Marcio Batalha Jardim
Advogados: Rodrigo Pires Ferreira Lago; Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Partido Verde não integrante de nenhuma coligação majoritária para as eleições de governador e senador – ata da convenção – aditivo – impossibilidade do partido verde integrar a coligação Pra Frente Maranhão 1
Raimundo Moura Carvalho Wellington Luis Moraes Albuquerque Inelegibilidade – desincompatibilização
Francisco Pereira Lima MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCE/MA – prefeito de davinópolis – improbidade administrativa – indeferimento do registro
Francisco Valbert Ferreira de Queiroz MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCE/MA – exercício financeiro de 2006 e 2007 – improbidade administrativa – prefeito de Itinga do Maranhão – indeferimento do registro
Cleide Barroso Coutinho MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCU – improbidade administrativa – indeferimento do registro
Telma Pinheiro Ribeiro MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCE/MA – desaprovação de tomada de contas especial 10028/2010 e 667/2011 – improbidade administrativa – indeferimento do registro
Francisco Borges de Oliveira MPE Condenação criminal – indeferimento do registro
Graciete de Maria Trabulsi Lisboa MPE Inelegibilidade – representação ou AIJE julgada procedente pela justiça eleitoral – conduta vedada – cassação de diploma – indeferimento de registro
Coligação Pra Frente Maranhão 2
e Partido Verde – PV
Marcio Batalha Jardim
Advogados: Rodrigo Pires Ferreira Lago; Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Partido Verde não integrante de nenhuma coligação majoritária para as eleições de governador e senador – ata da convenção – aditivo – impossibilidade do partido verde integrar a coligação Pra Frente Maranhão 2
Francisco Henrique Ferreira MPE Prestação de contas – decisão desfavorável – TCE/MA – presidente da câmara municipal de santa luzia – exercício financeiro de 1995 – indeferimento do registro
Raimundo Nonato Alves Pereira MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCU – prefeito de Pedreiras (à época) – improbidade administrativa – indeferimento do registro
Manoel Candido Pereira MPE Prestação de contas – decisão desfavorável – TCE/MA – presidente da câmara municipal de Centro Novo do MA – exercício financeiro de 2005 – indeferimento do registro
Hemetério Weba Filho MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – TCE/MA – prefeito de Nova Olinda do Maranhão – exercício financeiro 2006 – indeferimento do registro
Magno Augusto Bacelar Nunes MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCE/MA – exercício 2005 – prefeito de Chapadinha – indeferimento do registro
Magno Augusto Bacelar Nunes MPE Inelegibilidade – rejeição de contas públicas – contas de gestão – TCU – tomada de contas especial – indeferimento do registro
Nina Ceres Couto de Melo Marcio Batalha Jardim
Advogados: Rodrigo Pires Ferreira Lago; Valdenio Nogueira Caminha e Marcos Antonio Canario Caminha
Condições de elegibilidade – filiação partidária – AC nº 157-97.2014 – indeferimento do registro
Enoque Ferreira Mota Neto MPE Prestação de contas rejeitadas – inelegibilidade – indeferir registro de candidatura

Informações
e vídeos ao Blog Bacabeira em Foco podem ser enviados por
email:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9965-0206