Silas Malafaia acusa PT de usar a Receita Federal para persegui-lo

Gospel Prime
O
pastor Silas Malafaia fez uma denúncia contra o governo do PT em seu programa
“Vitória em Cristo” do último sábado (19). Com o objetivo de mostrar que está
sendo vítima de perseguição política e religiosa, o pastor presidente da
Associação Vitória em Cristo (AVEC) e da Assembleia de Deus Vitória em Cristo
(ADVEC) mostrou documentos de processos movidos para investigar essas
instituições.
Segundo Malafaia depois da manifestação pacífica que ele
liderou em Brasília em junho do ano passado, a Receita Federal passou a mandar
intimações solicitando centenas de documentos para investigar tanto a AVEC como
a ADVEC.
Antes mesmo de encerrar a primeira investigação outras
duas se iniciaram solicitando os mesmos documentos com o intuito de encontrar
algo que pudesse desabonar a administração do pastor Silas Malafaia que está à
frente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo desde 2010, depois que o seu
sogro, o pastor José Santos, faleceu.
A denúncia do pastor é que o atual governo do Brasil
está usando um órgão importante como a Receita Federal e a Polícia Federal para
benefício próprio. Malafaia lembrou que no ano passado o vice-diretor de
fiscalização da Receita Federal pediu demissão por não concordar com esta
interferência do Estado no órgão público.
“Essas duas instituições, elas não podem estar a reboque
de governo nenhum. Elas são importantíssimas para o Estado Democrático de
Direito”, afirmou o pastor que não estava reclamando do processo que foi
aberto, mas sim sobre os motivos que os levaram a isso.
“Querem me investigar, me investiguem”, disse ele
deixando claro que não tem medo de mostrar a igreja e nem a instituição que
preside.
“Vou
dar uma sugestão ao governo do PT: Por que não manda investigar o filho do Lula
que era um pobre rapaz quando o pai dele passou a ser presidente e hoje é um
milionário”, disse.
Disse também que o governo age com cinismo e mais: “Povo
brasileiro, esses caras querem transformar isso aqui em uma Venezuela e uma
Cuba”.
Assista:

Informações e vídeos ao Blog Bacabeira em Foco podem ser enviados por email: bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo Whatsapp (98) 9965-0206