Sem reforma para eleição proporcional, pula-pula de Partidos vai começar em Bacabeira

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco

Sem quase
nenhuma mudança para o processo eleitoral para a proporcional, aquela disputada
por deputados e vereadores, os pré-candidatos a vereadores que disputarão a
eleição municipal no ano que vem, devem iniciar o famoso pula-pula de paridos,
visando uma legenda que garanta mais facilidade de vitória.
Como muitos
temas discutidos no projeto que analisou a reforma política no congresso
nacional não houve alteração, o modelo atual de contagem de votos para a eleição
de deputados e vereadores vai permanecer como está. Com isso, partidos da
cidade de Bacabeira e de outros municípios devem sofrer vários desligamentos e
ingressões de filiados que estarão em busca de uma vaguinha no parlamento.
Em Bacabeira,
no caso, pelo menos o DEM e o PTB, dois dos principais partidos com base na
Câmara, devem perder membros daqui pra setembro, data em que se encerra a
filiação partidária para quem pretende se candidatar em 2016.
Sendo assim,
partidos menores e com poucos nomes fortes podem acabar agregando alguns dissidentes
destas agremiações.
Só pra
ter uma ideia, o PTB, partido do prefeito da cidade, tem ainda o presidente da
Câmara e mais um vereador, além de outros nomes que alcançaram a média de 300
votos na eleição de 2012.
Já o
DEM, partido do ex-prefeito Venancinho, tem dois vereadores com mandato e
ostros 3 nomes que ficaram na suplência com quase a mesma média, mas, talvez não escape de sofrer debandada.
A reforma
política vai permitir que a eleição na proporcional continue do mesmo jeito de hoje,
com exceção para cargos executivos, que a partir de 2018 não permitirá mais o
direito de reeleição.

Informações e vídeos podem ser enviados
ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo
WhatSapp 
(98)
9965-0206