Prefeitura de Bacabeira esclarece polêmica sobre Decreto

Tendo em vista as inverdades das afirmações
divulgadas em alguns blogs, em matéria intitulada “Decreto proíbe servidores de
tirar férias em Bacabeira”, vimos a público esclarecer que:

1- O decreto municipal nº 013/2015, publicado
no dia 9 de junho, atende a todos os critérios legais e não fere, em momento
algum, o direito dos servidores públicos municipais;

2- Ao contrário do que foi divulgado, o
decreto não proíbe o servidor de gozar férias e licença prêmio, apenas
suspende, temporariamente, o dispositivo que atribuía ao servidor público a
faculdade de optar pelo gozo do benefício ou por sua transformação em pecúnia
indenizatória (parcela em dinheiro);

3- O Regime Jurídico dos Servidores Públicos
garante aos trabalhadores o direito de pleitear a venda de 10 dias de férias ou
do período integral da licença prêmio. No entanto, cabe à prefeitura acatar ou
não o pedido conforme disponibilidade orçamentária. A decisão da gestão
municipal de suspender a compra do benefício, até dezembro de 2015, tem como
argumento a contenção das despesas das contas públicas;

4- Pelo mesmo critério, o decreto suspende,
também, a concessão de novas gratificações, mas não influenciará nas
gratificações já concedidas;

5- O decreto, em momento algum, trata de
horas extras, licença para tratamento de saúde e licença maternidade;

Reiteramos, outrossim, que a Prefeitura
Municipal de Bacabeira está sempre à disposição para esclarecer qualquer fato
que venha a ser apontado com o intuito de denegrir a imagem e a reputação da
atual gestão.

Ascom Prefeitura de Bacabeira


Informações e vídeos podem ser
enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo
WhatSapp 
(98) 9965-0206