O Pão da vida…

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco

O texto “Eu
sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca
terá sede
“, relatado no evangelho de João, no versículo 35 do capítulo 6, foram
ditas pelo próprio Jesus às pessoas que Ele havia alimentado momentos antes com
a multiplicação dos pães e peixes.
De sete
modos diferentes no evangelho de João, o Senhor Jesus usa uma metáfora para
expressar algo de Seu caráter e obra. No sexto capítulo Ele descreve a Si mesmo
como o Pão da vida.
O que Ele quis dizer com tal descrição? Ao comparar-Se
com o pão, Ele indica que é o sustento da vida: Sua Pessoa é tão indispensável
para nós quanto o pão diário que alimenta nosso corpo e sacia nossa fome.
Talvez isso não seja imediatamente claro. Agora imagine
que o Filho de Deus não tivesse se tornado Homem, ou que não tivesse dado Sua
vida por nós. Quem poderia lidar com a questão da nossa culpa? Que esperança
haveria para pessoas perdidas que buscam se livrar da carga de culpa que as
escraviza?
Sem o Senhor Jesus e Sua morte expiatória na cruz,
todos os seres humanos estariam irremediavelmente perdidos e destinados ao
inferno. Mas, por meio do evangelho, há esperança e garantia de vida, e vida
eterna. “Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”
(João 3:16).
Porque o pão de Deus é aquele que desce do
céu e dá vida ao mundo
”. (João 6-33)

Informações e vídeos podem ser enviados
ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo
WhatSapp 
(98)
9965-0206