Governo está concluindo implantação da nova adutora do Sistema Italuís

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco
A
obra de substituição da adutora do Sistema Italuís, nos 19 quilômetros do Campo
de Perizes, está em fase final de execução, com a implantação da estrutura
metálica que vai permitir a travessia da tubulação sobre o Estreito dos
Mosquitos, que separa a Ilha de São Luís do continente. A obra é parte do
programa “Água para Todos”, lançado pelo governador Flávio Dino para garantir
melhorias na qualidade de vida do maranhense. Para verificar o andamento da
obra, o diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão
(Caema), Davi Telles, fez uma vistoria técnica, nesta quarta-feira (12), no
ponto inicial da implantação da estrutura para a travessia da adutora,
acompanhado de técnicos e de representantes da empresa responsável pela obra.
“Estamos
fazendo uma visita técnica para verificar em que pé está a obra,
especificamente nesse trecho mais difícil, que é a travessia sobre o Estreito
dos Mosquitos. Essa obra é importante porque vai garantir confiabilidade
sistêmica ao Italuís, nesse trecho do Campo de Perizes, onde ocorrem
rompimentos constantes devido ao desgaste da adutora antiga que sofre com o
alto teor de oxidação e salinização. De 2002 para cá, já foram registrados 28
rompimentos da adutora no Campo de Perizes”, disse Davi Telles explicando que a
obra é uma prioridade da gestão Flávio Dino.
Além
da obra de implantação da travessia da adutora, outras frentes de trabalho
atuam em diversos trechos da obra fazendo a finalização do trabalho de soldagem
e outras obras civis em alguns trechos da nova tubulação. “Hoje vemos que a
empresa contratada tem demonstrado celeridade grande nesses trabalhos, e nossa
previsão é de fazer a entrega dessa nova adutora no mês de outubro. Estamos
priorizando esta obra porque mais da metade da população de nossa capital não
pode continuar sendo penalizada com os rompimentos da adutora antiga”,
acrescentou.
Com
um diâmetro maior, a nova adutora, além de eliminar a possibilidade de
rompimentos, vai permitir o aumento da vazão de água bombeada em 200 litros por
segundo.
Reforço
de vazão
O
diretor-presidente destacou, ainda, que, por determinação do governador Flávio
Dino, a Caema está lançando o edital de licitação para contratação de empresa
para elaboração do projeto da obra de reforço de vazão, a ser implantado no Km
22 da adutora do Sistema Italuís.
Segundo
ele, essa é uma obra prevista desde a década de 1980, mas que nunca foi
implantada, e que consiste na construção de uma elevatória, de mais de 170
metros de altura, que vai dividir a adutora em duas, à altura do Km 22, já no
continente. “O governador Flávio Dino já disponibilizou recursos da ordem de R$
100 milhões para esse reforço de vazão, que vai permitir o rebombeamento de
água do Sistema Italuís, com um incremento de mais 1.000 litros por segundo. Isso
é o suficiente para acabarmos com a intermitência, com o rodízio, no
abastecimento de água nas áreas atendidas pelo Italuís”, pontuou.

Informações e vídeos podem
ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9965-0206