Fernando Furtado é repreendido pelo PCdoB após declaração infeliz sobre índios

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco
A Comissão Estado do PCdoB
no Maranhão repreendeu o deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB) depois de
ele referir-se a indígenas como “veadinho”, “boiola” e sugerir
que morressem de fome “não consegue trabalhar”.
A declaração infeliz de
Furtado explodiu na imprensa após publicação de um áudio do próprio deputado em
um evento organizado pela Associação dos Produtores de São João do Carú,
interior do estado.
Fernando Furtado ficou na suplência para deputado estadual na
eleição de 2014 e só assumiu graças a uma articulação do governo do estado para
fortalecer o PCdoB na Assembléia Legislativa do Maranhão.
– “Eu vou dizer abertamente, índio nunca me fez
nada, não tenho descendência indígena, não tenho parente índio e acho que a
política indigenista, no Brasil, ela é equivocada. Uma política que garante aos
índios aquilo que eles não têm direito. Não tem direito porque índio não é
melhor do que qualquer brasileiro desse pais. Índios têm regalia que os outros
brasileiros que trabalham não têm
”, disse, num trecho.
Em
outro, questiona a sexualidade dos índios.

Lá em Brasília o Arnaldo viu, os índios
tudo de camisetinha, tudo arrumadinho, com flechinha, tudo um bando de
veadinho. Tinha uns três lá que eram veado que eu tenho certeza, veado. Eu não
sabia que tinha índio veado, fui saber naquele dia em Brasília, tudo veado.
Então é desse jeito que tá, índio já consegue ser veado, boiola, e não consegue
trabalhar e produzir? negativo!”,
completou.
Segundo
o partido, a manifestação do parlamentar foi “não apenas índios e homossexuais,
como também a história e o programa do Partido Comunista do Brasil, sempre à
frente das lutas pela garantia da igualdade e dos Direitos Humanos”.
Apesar
da repreensão pública, o primeiro comunicado do partido após a revelação dos
insultos de Furtado não sugere qualquer outra punição ao deputado, a não ser
a recomendação de que ele se retrate publicamente.
“No
entendimento do partido, trata-se de uma equivocada manifestação individual do
deputado Fernando Furtado, pelo que se espera do parlamentar a devida
retratação em relação aos indígenas, aos homossexuais; e ao partido”, completa.
Veja
abaixo a íntegra da nota.
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Em
relação às declarações do deputado Fernando Furtado, o PCdoB Maranhão, por sua
Comissão Política Estadual, esclarece:

1.
As declarações do deputado ofendem não apenas índios e homossexuais, como
também a história e o programa do Partido Comunista do Brasil, sempre à frente
das lutas pela garantia da igualdade e dos Direitos Humanos;

2.
Consideramos a declaração do deputado uma falta grave cometida contra índios,
homossexuais e com o nosso partido, razão pela qual a repudiamos publicamente;

3.
No entendimento do partido, trata-se de uma equivocada manifestação individual
do deputado Fernando Furtado, pelo que se espera do parlamentar a devida
retratação em relação aos indígenas, aos homossexuais; e ao partido;

4.
O PCdoB reafirma seu irrestrito compromisso com a proteção aos direitos dos
povos indígenas e contra quaisquer manifestações de conteúdo homofóbico.
São Luís, 21 de setembro de 2015

Informações e
vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do
e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo Whatsapp (98) 9965-0206