Ex-prefeito Alan Linhares pode assumir a Superintendência de Articulação Política de Rosário

São fortes os indícios de que o ex-prefeito de Bacabeira Alan Linhares (PCdoB) deva assumir a Superintendência de Articulação política do governo do estado na regional de Rosário.

Segundo informações repassadas ao Blog Jefferson Calvet através de fontes ligadas ao palácio dos Leões, em São Luis, o governador Flávio Dino (PCdoB) desejaria encaixar o aliado em algum cargo no governo estadual, sonhando em contar com o apoio do ex-prefeito nas eleições de 2018, onde deve disputar a reeleição e seus aliados outros cargos, a exemplo de Márcio Jerry, que deve disputar vaga para deputado Federal.

O problema é que Alan pode sofrer barreira a nível de região, pois o prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, que é filiado ao PCdoB, tem a esposa Fernanda prefeita em Bacabeira, e ambos são aliados do governador Flávio Dino e adversários político de Linhares.

Há resistência, inclusive, de aliados do governador na cidade de Rosário. Lá, os aliados querem indicar o nome do vereador Carlos do Remédio (PCdoB), onde abriria vaga na Câmara para o suplente de vereador Preto do Raça, também PCdoB, e assim fortaleceria o partido na cidade e no legislativo municipal.

Provavelmente, Hilton e os demais prefeitos aliados a Flávio Dino ainda não foram consultados ou comunicados sobre o projeto.

Ainda segundo fontes, Márcio Jerry é o mais interessado na indicação de Linhares ao posto que antes foi ocupado pelo ex-candidato a prefeito de Rosário, Calvet Filho (PSDB), que se afastou em abril de 2016 para se candidatar a prefeito de Rosário.

As superintendências regionais servem para aproximar os prefeitos do governo do estado. Essa função nem sempre é exercida como deveria, pois, serve mais para agradar aliados do que para o ofício de fato.

Caso Alan Linhares consiga ser emplacado no cargo, ele receberá, em média, a quantia de R$ 5.500,00 bruto.