Em Bacabeira, DEM é considerado o ‘partido da morte’

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco
O Democratas (DEM), partido presidido pelo ex-prefeito de Bacabeira, José Venâncio Corrêa
Filho, o Venancinho, é, até aqui, considerado o “partido da morte” entre todos
que disputarão as eleições de 2016 na cidade.
A
legenda quase sempre elegeu dois parlamentares para a câmara municipal de
Bacabeira. Esse fato acontece desde o ano de 2004, quando mantém, até então,
sempre dois vereadores eleitos na bancada.
Essa
estatística pode se repetir mais uma vez no ano que vem, pois, além de já ter
dois parlamentares, o partido ainda recebeu recentemente o atual presidente da
Câmara de Bacabeira. O vereador Antônio Romualdo deixou o PTB para ingressar
nas fileiras democrata após um pequeno esvaziamento do seu partido. Isso faz do
partido um dos mais perigosos partidos do pleito do ano que vem.
Agora
com três parlamentares, o DEM é o partido mais forte da cidade. Esse peso todo pode
ser fatal para alguns que pleiteiam uma cadeira no parlamento bacabeirense.
Além
dos vereadores Joaquim Neto (Meu Povo), Jovaldir Hugo (Deco) e Romualdo, o
partido ainda tem os suplentes Vilmar e Carlito Oliveira, Além dos
ex-vereadores Antônio Fucinho e Zezé.
Embora
a votação desses nomes tivesse sido considerada ‘expressiva’ em 2012, o DEM não
elegerá mais do que dois parlamentares, como de costume.
O
cálculo não falha.
Mesmo
faltando um ano para as eleições é possível saber que o parlamento bacabeirense
vive em baixa na popularidade. Pesquisas recentes revelam que a população não
está satisfeita com a produtividade de muitos vereadores dessa legislatura que
iniciou em 2013.
Por
conta desse baixo desempenho, podemos considerar que muitos dos que foram
citados neste post não terão mais a mesma votação de antes. Muitos deles já até
saíram de cena, enquanto outros tiveram queda de votos nas últimas eleições.
Quem
deve disputar as duas cadeiras reservadas ao DEM são: Romualdo, Deco, Meu Povo,
Vilmar e Carlito. No entanto, Romualdo leva vantagem por estar na condução do
poder legislativo como presidente da Câmara e ter “bala na agulha”. Já a outra
vaga será disputada pelos demais.
Dos
Cinco, três sobrarão. Isso é fato. Um deles poderá ser até parlamentar de
mandato, ou até dois. Em 2012 aconteceu a mesma coisa: O DEM reforçou e os
vereadores Vilmar e Carlito perdera os mandatos para Deco e Meu Povo.
É
preciso saber de uma coisa fundamental na política: Uma eleição é totalmente
diferente da outra.
Mas,
como diz o título da postagem, o DEM é o partido da morte.

Informações e vídeos podem
ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo Whatsapp (98) 9965-0206