Agora eu vi! CMDCA de Bacabeira agora quer mandar no blog e na Igreja

Por Jefferson Calvet
Blog Bacabeira em Foco
Agora o titular do blog
viu mesmo!
O Conselho Municipal
dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Bacabeira – CMDCA
agora quer mandar no blog e obrigar que o mesmo retire matérias do ar.
O blog havia publicado
esta semana matéria de cunho noticiosa sobre duas candidatas membras da igreja
evangélica Assembléia de Deus de Bacabeira, que disputam uma das cinco vagas ao
conselho tutelar da cidade.
O blog quer informar
aos interessados que de maneira alguma irá ceder as chantagens infundadas do
conselho e, muito menos atender tal ordem. Mesmo por que, não tem a
participação das mencionadas na postagem, mas iniciativa do próprio do blog com
anuência da entidade religiosa.
Queremos informar
ainda, que a matéria tem cunho apenas informativo e não eleitoral, como insinua
o CMDCA.
Essa eleição de escolha
dos novos conselheiros tutelares de Bacabeira é a pior de todas que já teve no
município. São tantas normas sem pé e sem cabeça que acabam atrapalhando o
processo.
Outra coisa é o
método de escolha que não é nada democrático. Como que uma eleição de escolha
dos conselheiros não é acessível à população, uma vez que só quem tem direito a
voto são aqueles que realizaram cadastro? Se o conselheiro é um representante
público em defesa dos menores, como que a população não pode votar sem a
necessidade de cadastramento, como acontece em diversas cidades do Brasil,
inclusive, em São Luis e Santa Rita, cidade vizinhas a Bacabeira. Na visão do
blog isso é ante democrático.
Outra coisa que há
contradição nas normas do CMDCA é a proibição e, ao mesmo tempo, a permissão
para a mesma coisa. Por exemplo, as candidatas m questão estão sendo
pressionadas a convencer o titular do blog a retirar a matéria do ar por que,
segundo eles, caracteriza “propaganda irregular”, e ao mesmo tempo permitem que
outros candidatos utilizem redes sociais como, Facebook e Whatsapp, para
propagar suas fotos de campanha.
Isso é apenas um
ponto abordado pelo blog quanto as normas contraditórias na eleição.
Segundo informações,
há um ponto no edital da eleição que um candidato à vaga do conselho não
poderia ter emprego fixo para concorrer a eleição. No entanto, segundo o blog
apurou, a mesma candidata só precisou de uma conversinha para acabar com a
regra, e hoje está no páreo da disputa.
Coisas insignificantes
acabam prejudicando o processo e os próprios concorrentes, que são impedidos
até de propagar seus nomes, além, também, de plotar carros com cartazes e transportar
eleitores para o cadastro e votação.
O Conselho Tutelar
deveria notificar também a assessoria de comunicação da prefeitura de
Bacabeira, que já encaminhou duas matérias a este blog mostrando e divulgando
os candidatos do conselho Tutelar e seus respectivos números, como mostra os print
abaixo:

Informações e
vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do
e-mail:
bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo Whatsapp (98) 9965-0206